9º Campeonato de Bandas e Fanfarras tem seus vencedores

Escolas Henrique Lima, Barão do Rio Branco e Armando Nogueira recebem premiação máxima

 

banda_cerbr.jpg

Diretor da Escola Henrique Lima recebe o prêmio de melhor Banda de Percussão

banda_2.jpg

Representante do CEBRB recebe premiação da categoria Fanfarra de uma válvula

banda_3.jpg

Banda Municipal Carlos Pereira, de Sena Madureira, recebe premiação pela participação no evento

Envolvimento de toda a comunidade escolar, disciplina, empenho e vontade de superar os desafios. Estas são as marcas gravadas em mais um Campeonato de Bandas e Fanfarras que este ano concedeu premiação máxima às Escolas Henrique Lima, na categoria Banda de Percussão; Barão do Rio Branco, categoria Fanfarra com 1 válvula e Armando Nogueira, Banda Marcial. Cada uma delas recebeu troféus e o valor em dinheiro de R$ 10 mil para ser aplicado na compra e manutenção dos instrumentos musicais. Durante dois dias, 26 equipes de Rio Branco, Brasileia, Assis Brasil, Porto Acre, Senador Guiomard, Plácido de Castro e Sena Madureira mostraram em estrutura montada no estacionamento da Arena da Floresta suas habilidades e técnicas adquiridas ao longo de meses de ensaio.

Realizado em parceria entre a Secretaria Estadual de Educação e Associação de Bandas e Fanfarras do Acre (Asbanfacre), o campeonato recebeu este ano jurados de outros estados do país para avaliar nove quesitos, além da melhor torcida. Três deles permanecem em Rio Branco esta semana para ministrar curso nas áreas de Mor, Baliza e Coreografia. Uma oportunidade para quem deseja aprimorar os conhecimentos. “Sabemos das dificuldades em buscar especialização nessa área. A maioria das pessoas envolvidas com bandas e fanfarras no Acre aprendeu fazendo. Por isso estamos oferecendo os cursos”, ressalta o presidente da Asbanfacre, Manoel Távora.

Francisco Lima, diretor da Escola Henrique Lima, campeã geral na categoria Banda de Percussão, diz que a vitória é muito importante para a comunidade escolar. “A nossa escola está situada numa comunidade extremamente carente. Temos alunos infratores, mas que têm a chance de se transformar. Lá todo mundo se envolve, a escola, a comunidade. É uma vitória de todos”.

O governador Binho Marques destaca que além de premiar os melhores alunos, a participação nas bandas e fanfarras também serve como uma alternativa à evasão escolar. “Alunos que estão correndo esse risco ficam mais envolvidos. Por isso, o Governo do Estado realiza desde 99 esta atividade que valoriza a escola”. O movimento de Bandas e Fanfarras há 9 anos tem o investimento do Governo do Estado com o objetivo de fomentar o desenvolvimento da arte musical nas escolas e promover o intercâmbio entre os participantes. A atividade contribui para o fortalecimento da comunidade escolar, além de promover o aprimoramento das corporações com a oferta de cursos e oficinas e compras de instrumentos.

O prêmio de R$ 10 mil para o vencedor de cada cateoria deverá ser utilizado para a compra de equipamentos musicais. Este ano, a SEE repassou aos Conselhos Escolares em torno de R$ 460 mil para a organização do concurso. O governador Binho Marques destaca que nesta edição do concurso, as escolas melhor colocadas estão classificadas para o desfile de 7 de setembro. “Teremos ainda muito mais qualidade no desfile, com as equipes melhor preparadas.”

Veja foto das premiações:

sav_2777.jpg sav_2809.jpg sav_2826.jpg
sav_2828.jpg sav_2829.jpg sav_2867.jpg
sav_2841.jpg sav_2844.jpg sav_2923.jpg
foto_baliza.jpg sav_2889.jpg sav_2926.jpg

MOR

1º lugar – Escola Berta Vieira

2º lugar – Escola Serafim da Silva Salgado

3º lugar – Escola Alcimar Leitão

BALIZA

1º lugar – Escola Henrique Lima

2º lugar – Escola Berta Vieira

3º LUGAR – Empate entre Humberto Soares e José Rodrigues Leite (conforme Art. 52- parágrafo 2º do regulamento do campeonato, o desempate foi decidido pelo item Elementos beneficiando a Escola Humberto Soares).

LINHA DE FRENTE

1º lugar – José Plácido de Castro

2º lugar – Empate entre as escolas Henrique Lima e Humberto Soares (de acordo com o Art. 63 do regulamento, o critério de desempate utilizado foi o item Marcha, a favor da Escola Henrique Lima).

3º lugar – Escola Humberto Soares

CORPO MUSICAL INFANTIL

1º lugar – Escola Adalberto Sena

2º lugar – Escola Maria Chalub Leite

CORPO MUSICAL INFANTO-JUVENIL

1º lugar – Escola Berta Vieira

2º lugar – Escola Carlos Vasconcelos

3º lugar – Escola João Mariano

CORPO MUSICAL JUVENIL

1º lugar – Escola São Luiz Gonzaga

2º lugar – Escola José Rodrigues Leite

3º lugar – Escola Alcimar Leitão

CORPO MUSICAL SENIOR

1º lugar – Escola Henrique Lima

2º lugar – Escola Lourival Pinho

3º lugar – Escola José Plácido de Castro

CAMPEÃ GERAL BANDA DE PERCUSSÃO

Escola Henrique Lima

RESULTADO FINAL/FANFARRAS DE 1 VÁLVULA

MOR

1º lugar – Escola Neutel Maia

2º lugar – Escola João Aguiar

3º lugar – Colégio Barão do Rio Branco

BALIZA

1º lugar – Barão do Rio Branco

2º lugar – João Aguiar

3º LUGAR – Neutel Maia

LINHA DE FRENTE

1º lugar – Barão do Rio Branco

2º lugar – João Aguiar

3º lugar – Neutel Maia

CORPO MUSICAL INFANTO-JUVENIL

1º lugar – Colégio Acreano – alcançou 75% do total possível de pontos

CORPO MUSICAL JUVENIL

1º lugar – Barão do Rio Branco

2º lugar – João Aguiar

3º lugar – Escola Neutel Maia

CAMPEÃ GERAL FANFARRA COM 1 VÁLVULA

Colégio Barão do Rio Branco (CEBRB)

BANDA MARCIAL

Escola Armando Nogueira, única concorrente da categoria, atingiu os 85% do total possível de pontos premiando MOR, BALIZA, LINHA DE FRENTE, CORPO MUSICAL E COREOGRAFIA.

BANDA DE MÚSICA

Banda Municipal Carlos Pereira, de Sena Madureira, alcançou 85% do total possível de pontos

TORCIDA ORGANIZADA

1º lugar – Escola Berta Vieira

2º lugar – João Mariano

3º lugar – Antonia Fernandes

Dicas e partituras do Showbiz Grátis

Deseja receber dicas e partituras atualizada grátis no seu email. Inscreva-se Abaixo.

Nos respeitamos sua privacidade!