História dos Dobrados Musicais no Brasil

A pedido do leitor Crustivão Rodriques, nós estamos trazendo uma matéria especial sobre os dobrados. Abaixo você vai conhecer a história e a origem dos dobrados musicais, aqui no Braisil. Este é um artigo adaptado do arquivo em pdf origital onde vocês podem pegar aqui

1- INTRODUÇÃO

O Dobrado é o gênero musical preferido e mais identificado com a Banda de Música. A banda de música, como a conhecemos hoje, surgiu no Século XIX no Brasil e, desde então, tem tido importante papel em Minas Gerais, não apenas do ponto de vista musical, mas também de inserção social de seus participantes e de preservação da memória cultural do povo, especialmente no interior do estado. Além de promover entretenimento à população de cidades, vilas e vilarejos, as Bandas funcionam como verdadeiros Conservatórios, sendo responsáveis pela formação da maioria dos músicos das bandas militares e naipes de sopro de orquestras sinfônicas (ANDRADE, 1988, p.56).

Entre os compositores mineiros de música para banda, destaca-se João Cavalcante (1902-1985), em cujos dobrados, a tuba não se limita a fazer uma simples marcação nos tempos fortes do compasso. Ao contrário, realiza solos, desempenhando assim uma função diferente do que se costuma ver e ouvir em dobrados. Meu primeiro contato com a obra de João Cavalcante se deu durante o curso de música na Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais.

 

O dobrado Pretensioso constava do repertório da Banda Sinfônica da EMUFMG e a sofisticada parte da tuba me chamou a atenção, pois desde o início de meus estudos na banda de música da cidade de Paula Cândido-MG, não tinha ouvido um dobrado com aquela característica. Posteriormente, tomei contato com o dobrado Seresteiro na Banda do SESI-MG, onde o compositor também explora o potencial solístico da tuba.

Nos livros que tratam de bandas de música, pude constatar que como outros compositores mineiros, João Cavalcante tem sido negligenciado pelos musicólogos. Nenhum dado foi encontrado sobre o compositor em livros referenciais como a Enciclopédia da música brasileira: erudita, popular e folclórica (MARCONDES ed., 1998), A História da música no Brasil (MARIZ, 2000) ou o Catálogo de manuscritos musicais presentes no acervo do maestro Vespasiano Gregório dos Santos (MIRANDA, 1994). 

 

O Estado de Minas Gerais é conhecido por ter o maior número de bandas no Brasil, mas, contraditoriamente, os compositores de seu principal repertório permanecem ignorados. O estudo da obra de João Cavalcante busca, por isso, não apenas revelar as características peculiares de seus dobrados, mas também resgatar sua importância no meio musical, principalmente entre os próprios músicos de banda. Os procedimentos metodológicos nesse estudo incluem: 1- Revisão bibliográfica sobre bandas de música.

Alguns vídeo sobre Dobrados Musicais:

 

Dicas e partituras do Showbiz Grátis

Deseja receber dicas e partituras atualizada grátis no seu email. Inscreva-se Abaixo.

Nos respeitamos sua privacidade!