Música será disciplina obrigatória nas escolas

Musica nas Escolas

Instrumentos musicais e partituras dos mais variados estilos são itens que fazem parte da rotina dos alunos da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlandia (Eseba) e que, a partir do segundo semestre do ano que vem, passarão a ser obrigatórios em todas as instituições públicas e privadas do país, de acordo com a Lei 11.769.

Embora as aulas de música sejam uma dinâmica praticada quase que exclusivamente em conservatórios, serão incluídas na grade curricular, não com o propósito de formar músicos, e sim para desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração.

Para a professora de música da Eseba, Lucielle Farias Arantes, a linguagem musical tem recursos que auxiliam no desenvolvimento do ser humano em especial a coordenação motora e a disciplina. “Esses são elementos secundários. Mais importante que isso é o papel que a música exerce como forma de expressão corporal e conhecimento do mundo. Com a música na escola o aluno pode conhecer, produzir e refletir sobre os acontecimentos históricos e culturais.”

A prática existe na instituição há cerca de 25 anos. Entre o instrumentos que fazem parte do acervo estão o pandeiro, o chocalho, o violão e bumbo, entre outros. “Estamos adequados à lei antes mesmo de ela entrar em vigor. Nossa intenção agora é adquirir mais instrumentos”, disse Lucielle Arantes.

Para a aluna Giovanna Cristina Fonseca do 8º ano, participar das aulas de música é um privilégio. “Temos a oportunidade de ter contato com os instrumentos e com as peculiaridades da área musical”. O estudante Paulo Victor Silva se surpreendeu com a disciplina. ”Vim para o Eseba neste ano e fiquei feliz quando soube que teria aula de música, o que não havia em outras escolas onde estudei”.

Rede pública aguarda orientações

Na Escola da Criança, a disciplina musical é oferecida para alunos do maternal ao 9º ano. “Trabalhamos de forma lúdica com os estudantes, porém, a partir do ano que vem haverá uma formalização do conteúdo e eles [os alunos] passarão, inclusive, a ser cobrados pelo aprendizado", disse Lúcio Eustáquio Alves, professor de música.

De acordo com Joyce Magnini, superintendente regional de ensino, a rede pública estadual aguarda as orientações da Secretaria de Estado de Educação sobre a lei.

Por meio de nota a Secretaria Municipal de Educação informou que se prepara para implantar a Música como parte integrada da disciplina de Artes e que os professores receberão formação específica na área musical.

via:http://www.correiodeuberlandia.com.br/texto/2010/11/30/49897/musica_sera_disciplina_obrigatoria_.html

Dicas e partituras do Showbiz Grátis

Deseja receber dicas e partituras atualizada grátis no seu email. Inscreva-se Abaixo.

Nos respeitamos sua privacidade!
Marvio Rocha

<p>Nos somos um site apaixonado por música. Compartilhamos a arte de exprimir sentimentos através do som a mais de 9 anos. Junte se a nos!</p>