Teclado arranjador x sintetizador

Classificação de teclados

Teclados Sintetizadores:

Teclado com alta possibilidade de edição de timbres/patches a partir de ondas sonoras, amostras de aúdio, podendo acrescentar efeitos ou não, mexer na equalização do timbre, na sensibilidade ou somente na timbragem em geral. Resumindo… O timbre fica com a sonoridade que vc desejar na medida das possibilidades e da tecnologia de edição oferecida pelo teclado, mais indicado para tecladistas que trabalham somente com bandas. O teclado desta categoria possui recursos para modificar as ondas, sejam elas geradas por ociladores, pcm ou samples como os VCAs VCOs VCFs, cuttoff, ressonancia, atack, delay e etc. É possivel até transformar um piano em um lead ou apenas personalizar o timbre com sua cara. Estão nesta categoria o Roland Xp10, Korg X5, Alesys Qs6, Yamaha S03, etc….

Teclados Arranjadores:

São teclados que basicamente possuem timbres mais simples que os sintetizadores, não possuem editores de timbres e trabalham com ritmo e midi, ou seja, é um teclado no qual vc toca com ritmo e em sua maioria tbm executa arquivos midis pelos disquetes e etc. Mais indicado para o estudo musical ou para profissionais da noite, que tocam em eventos ou bares, etc. Existem categorias amadoras, q são aqueles q vc não pdoe criar seu proprio ritmo, e a categoria profissional ou semi-profissional, q são basicamente aqueles q vc pode programar e/ou criar seus ritmos. Nestas categoria podemos citar os profissionais e simi-profissionais: Yamaha PSR630-550-640-540-740-1000-etc, Yamaha Dgx305-505-etc, Roland EXR 5-EXR 7-etc, Technicks KN1500-KN1400-KN5000-etc. E os amadores Casio Ctk501-511-611 etc, Yamaha PSR210, PSS280 entre outros milhares.

Teclados Workstations: Para simplificar mais sua descrição, é basicamente um sintetizador com sequenciador multi-pista, ou seja, possui a função de edição de timbres de um sintetizador, porém tbm possui o recurso que lhe permite sequenciar uma música em arquivo MIDI e executar os mesmos. Geralmente possui um sequenciador de 16 canais e é compativel com qualquer arquivo midi padrão GM, não trabalha com ritmos, só midi e timbres. Fora estes detalhes, um workstation pode trabalhar com samplers, ter acessorios adicionais como CDR-W, saída pra tv, conexão a internet, vavula para timbres, saída de audio digital, saida individual do canal de cada instrumento, etc. Geralmente são mais indicados para trabalhos de estúdio, porém, podem ser usados com função de sintetizador para bandas. Nesta categoria temos milhares de teclados no mercado, como exemplo: Roland XP80, Motiff Es, Motiff Rack, Motiff 6, Korg Extreme, Fanton X*, Korg Triton, Korg Trinity, etc.

Teclados Workstations Arranjadores: Uma nova categoria de teclados, q está em media a 2 anos no mercado, para ser pratico, são teclados que tem todas as funções de um sintetizador, porém são superiores pois possuem sequenciadores e outras demais funções como saida USB, conexão a internet, saida de video, gravdor de Cd USB, conexão com Memoria USB externa e etc, e poderosos editores de timbres, além de alguns modelos possuirem enfase de sampler e nuances nos timbres (EX: MVT), por isso estão na categoria de Workstation, e são arranjadores por possuirem as funções de um teclado arranjador, geralmente mais encorpado e com mais funções do que um teclado arranjador simples, tipo, mais bancos de ritmos-timbres-pads-etc e ritmos mais completos e com mais qualidade que os teclados arranjadores simples. Estes teclados são indicados tanto para estudio como para profissionais de eventos. Nesta categoria temos destaques no mercado: Korg PA80-60-50, Yamaha PSR3000-1500-2100-1100, Roland G70 e Yamaha Tyros.

Espero ter contribuido e que desta vez não haja mais duvidas sobre as categorias!!!!
Abraços a todos e Sucesso!!!!!
Boa Sorte!!!!
Vinícius Augusto – (Gutto)

Dicas e partituras do Showbiz Grátis

Deseja receber dicas e partituras atualizada grátis no seu email. Inscreva-se Abaixo.

Nos respeitamos sua privacidade!

Marvio Rocha

<p>Nos somos um site apaixonado por música. Compartilhamos a arte de exprimir sentimentos através do som a mais de 9 anos. Junte se a nos!</p>

  • Pingback: Piano X Teclado a diferença! | Showbiz()

  • Rodrigo Gomes

    Olá, tenho uma dúvida: Não tenho intenção de fazer criação ou edição de timbres ou nada tão avançado, mas gostaria de um teclado que tivesse boa variedade de instrumentos e o mais importante, um som bonito (sem aquela cara de som artificial de karaoke…).

    Preciso de um sintetizador para isso, ou é possível conseguir bons timbres em um arranjador mesmo (que tem um custo mais acessível)? As funções de acompanhamento eu não pretendo utilizar pois a ideia é aprender para tocar com banda, minha preocupação é mais qualidade de som mesmo.

    Obrigado!

    • marviorocha

      Olá Rodrigo, se sua ideia é ter um bom timbre, vai depender do arranjador, existe arranjador que te dar o poder de edição de timbre os teclados conheço um amigo que faz um ótimo trabalho com a linha da korg pa3x, e outro são os roland bk e até mesmo o casio ctk 7200. Espero ter ajudado. Abraço

      • Rodrigo Gomes

        Valeu pela dica! Vou começar a pesquisa por esses modelos.